quarta-feira, 5 de junho de 2013

O virtuosismo de Luca Batista

O multiartista Luca Batista
Geralmente associamos o virtuosismo em música a grandes instrumentistas que se destacaram com excepcional domínio técnico a partir do início de um princípio em que os melhores músicos são aqueles que a grande mídia ainda não conhece ou, no meu caso, quando percebo que um excepcional músico está acompanhando uma grande cantora, escondido lá atrás e que completa as canções com uma dose de equilíbrio e sabedoria. Neste caso, conheci o trabalho do cantor, compositor e violonista Luca Batista através de uma grande cantora chamada Olivia Gênesi, que está na estrada há muito tempo e que acaba de lançar um novo disco, Melodias de Sol em Pleno Azul. Evidentemente, grandes músicos se destacam pela execução dos seus instrumentos, mas Luca Batista se destaca pela sua virtuosidade. Além de cantar, ele compõe suas músicas que estão disponíveis nas redes sociais e sites do gênero.
Luca Batista merece todos os nossos aplausos ao contribuir fortemente para ressuscitar o interesse pelo violão. Temos excelentes violonistas, como Swami Jr, Yamandú Costa, Baden Powell ou Mário da Silva e agora Luca Batista se junta a esses grandes nomes para se firmar como um dos maiores do Brasil.
Luca começou a tocar violão aos doze anos de idade. Aos dezesseis anos ganhou uma guitarra. Isso, somado às descobertas musicais que automaticamente foram enveredando sua vida aos inícios juvenis do período, foi o que realmente trouxe a fabulosa dimensão da música pra dentro da sua vida. Participou de bandas que contribuíram para sua formação musical. Em 2010, numa parceria com a cantora, compositora e produtora Olivia, teve o privilégio de  lançar seu primeiro CD, com 14 composições próprias, contribuindo assim com a música popular brasileira.
Começo, meio e fim foi lançado em 2011 pela Trattore e é um disco autoral de Luca e mostra toda a sua versatilidade como cantor, compositor, violonista e guitarrista experiente que é. Assim como já fizera com a cantora Gilda Nunes, que estivera em algumas temporadas percorrendo com shows concorridíssimos, Luca se juntou recentemente à cantora Olívia Gênesi para colocar no mercado um disco a altura de ambos os talentos.  
Começo, meio e fim: ótimo CD

Mais guitarrista do que violonista ultimamente, como Luca mesmo gosta de frisar, o cantor tem a seu favor o virtuosismo e a sapiência de andar em todas as áreas da música. Um bom guitarrista é aquele que se preocupa com a sua sonoridade, que tem um bom conhecimento de harmonia e que sabe exatamente qual é a sua função dentro de uma banda ou em uma música e isso Luca tira de letra com sua experiência artística. A guitarra, em seu trabalho, definitivamente conquistou seu espaço. Hoje a guitarra briga com o violão por um espaço e está presente em quase todos os estilos musicais a que possa vir cantar. Apesar disso, para muitos, a guitarra ainda é considerada um instrumento relativamente novo. Menos para Luca, que já a tinha conhecia desde o início da adolescência. A cada dia novas maneiras de se tocar são inventadas, fazendo da guitarra um instrumento cada vez mais versátil e Luca Batista têm o dom de administrar muito bem sua guitarra ou seu violão.
Muita gente se pergunta se existe diferença entre guitarra e violão. Existe, e muita! Mas para Luca Batista isso não é problema, pois ele os domina com tranqüilidade. Apesar de teoricamente o violão e a guitarra serem iguais (possuem seis cordas, mesma afinação, mesmos acordes), na prática eles têm funções completamente diferentes. O violão é usado como instrumento de base, enquanto a guitarra é um instrumento de detalhes, a cobertura do bolo, no popular. É claro que existem momentos em que a guitarra faz a base, mas no geral, principalmente se você tiver um piano ou um violão (ou os dois!), sua função será de preencher os espaços deixados pelos outros instrumentos.
Luca Batista é muito criativo e dono de um material espetacular, que vai desde as participações nos discos de Olivia Gênesi, até um trabalho mais autoral. A meta musical de Luca é infinita e suas músicas são de excelente qualidade, nos dando a dimensão de sua criatividade. Todas as suas facetas artísticas são números qualificativos para que ele seja considerado um dos maiores e melhores artistas de sua geração. Para tanto, ouçam Luca Batista, revirem o baú de Luca Batista, reparem em Luca Batista e aposto como você também irá se render à sua musicalidade, assim como o Mais Cultura! se rendeu.

Saiba mais sobre a música de Luca Batista acessando http://soundcloud.com/luca-batista

O virtuosismo de Luca Batista
Marcelo Teixeira


3 comentários:

Felipe Correa disse...

Luca Batista é demais. Grande professor, amigo e principalmente músico. Admiro-o sempre!!!

FHM Consultoria Imobiliária disse...

Concordo em número, gênero e grau!!
Luca Batista manda muito bem e com certeza, será um dos maiores instrumentistas do Brasil!!
Arrebenta Luca!!
Grande abraço!

Bruno Spinelli disse...

Parabéns meu grande amigo. Grande músico!!! Merece sempre estar crescendo em sua carreira. Abraços.