quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Carla Visi estraga os clássicos de Clara Nunes em tributo


Carla: convidados sem graça
Vou direto ao ponto: Carla Visi estragou a obra deixada por Clara Nunes. Guerreira de Minas Gerais, Clara (1942 / 1983) deixou um legado e tanto para a posteridade, com grandes músicas e sambas cadenciados pelos melhores compositores de seu tempo e que se transformou em algo quase intocável e motivo de inspiração para muitas cantoras boas que surgiriam ao longo desses anos. Mariene de Castro, Fabiana Cozza e Virgínia Rosa são as cantoras que mais se inspiram na beleza no canto de Clara Nunes, assim como Mariana Aydar, Vanessa da Mata e Marisa Monte, que já deixaram claro e evidente em entrevistas que foram inspiradas pela Guerreira. Neste ano realiza os 30 anos de morte dessa grande cantora e homenagens foram pontuadas de canto a canto do país, deixando ainda mais um rastro de saudades e encantamento por Clara. Mas enquanto algumas homenagens são ditas boas, outras são capengas e mediocres a ponto de entrar para a história musical como o pior volume discogrÁfico dos últimos tempos.

Carla Visi é uma boa cantora, tem carisma, voz, mas seu canto não passa do insulto musical que embalou o Brasil com suas músicas baianas de baixo calão e duplo sentido oriundo.  Feito às pressas e com um acabamento horrendo, Carla homenageou Clara na pior das homenagens e fez do tributo algo comercial demais, horrível demais e sofrível demais. Talvez o que diferencie este trabalho de outros lançamentos, sejam as músicas praticamente esquecidas que Clara gravou no início de carreira e que hoje em dia quase ninguém reconhece. O fã mais ardoroso com certeza se sentirá privilegiado ao ouvir canções como Dia de Esperança, lançado em 1966 e que aqui é cantado em dueto com a neo-sertanejinha Paula Fernandes. Ou então sentir orgulho em ouvir Tributo aos Orixás, música competente e com lirismo puro, cujo quase não é tocado por outro músico e que foi gravado em 1972. De 1969 veio Foi Ele, composta por Carlos Imperial e que praticamente Visi a retirou do baú. Mas é só.

Sinto vergonha em poder ouvir Carla cantando sucessos de Clara ao lado de Paula Fernandes, Péricles ou Thiaguinho, músicos que talvez nem conheçam ou tenham intimidade com a obra maravilhosa de Clara. Ser diferente de outras grandes interpretes para fazer um disco em tributo é tudo o que uma cantora quer na vida, mas fazer estardalhaço com a obra da homenageada é outro patamar. Clara merecia tratamento melhor, assim como fizeram Virgínia Rosa no show que vem realizando desde o ano passado, o belissímo e emocionante Virgínia Rosa canta Clara ou da premiadissíma Fabiana Cozza, que vem emocionando corações com seu canto forte em Canto Sagrado, cujo foi realizado recentemente um DVD sobre o espetáculo.

Homenagem é homenagem, mas precisa ser muito bem feito, caprichado e ainda mais por se tratar de uma das maiores cantoras do Brasil. Cantores como Daniela Mercury, Péricles, Paula Fernandes e Thiaguinho dividem o microfone com a baiana em algumas das longas 17 faixas do álbum. Com Daniela, por exemplo, ela canta Morena de Angola e já em O Canto das Três Raças, a ex-vocalista da banda Cheiro de Amor faz dueto com Péricles.  Aí eu pergunto: qual a ligação dessas vozes com a obra de Clara? Paula Fernandes, rainha do sertanejo empobrecido cantando os sambas de Clara? Tem algo errado neste samba.

Carla Visi Pura Claridade (2013 / Sony Music / 29,99) é um dos piores momentos da música popular brasileira. Sem beleza, sem samba no pé, sem malemolência, Carla deixa a peteca cair a cada faixa embalada por seu canto, que não entusiasma em momento algum. O que poderia ser um verdadeiro caminho para o sucesso (como o caso de Mariene de Castro, Fabiana Cozza e Virgínia Rosa com seus shows abarrotados de pessoas ávidas por ouvirem as músicas de Clara), Carla deixou de mão o carinho, o afeto e a respeitabilidade oferecida para cair em um nicho cheio de pólvora incapaz de ser lembrado.

Carla Visi continua linda demais, cantando bem demais, mas errou e muito ao se apressar para fazer este disco como forma de tributo. Errou na capa, errou na escolha dos convidados e continuará errando quando não estudar o que se quer apresentar. Ser leiga no assunto requer estudos, requer profissionalismo, requer qualidade e Carla não soube aproveitar este momento tão importante que seria para a sua vida musical, tendo em vista que a cantora amargura vez por outra ostracismos longos.

 

Carla Visi estraga os clássicos de Clara Nunes em tributo

Nota 1

Marcelo Teixeira

8 comentários:

THIAGO BOLS disse...

ANTES MAIS NADA, GOSTARIA DE ME APRESENTAR, SOU THIAGO BOLS, FORMADO EM ARTES PLÁSTICAS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA E IGUALMENTE ESTUDANTE DE CANTO ERUDITO PELA MESMA INSTITUIÇÃO, COM ESPECIALIZAÇÃO EM ÓPERA E TÉCNICA VOCAL.PARABENIZO A INICIATIVA DO BLOG E O COMPROMISSO COM A CULTURA BRASILEIRA, MAS QUANDO VEJO ALGUÉM EMITIR UMA OPINIÃO PESSOAL SEM UM PROFUNDO TRABALHO DE PESQUISA, SEM A NECESSÁRIA ANÁLISE TÉCNICA E USANDO PALAVRAS DE "BAIXO CALÃO", PIOR, FAZ ISSO ACHANDO QUE ESTÁ FAZENDO UMA CRÍTICA. GOSTARIA MUITO DE CONTRIBUIR COM A ANÁLISE DO NOSSO AMIGO AUTOR DO BLOG (SE ESTE NÃO SE SENTIR OFENDIDO COM A MINHA INTERVENÇÃO, POIS NUNCA SERÁ A MINHA INTENÇÃO), PARTINDO CRÍTICA SENSATA E VERDADEIRA, ISTO É, ESCLARECENDO FATOS EQUIVOCADOS DE MANEIRA IMPARCIAL. EU TBM SOU MUITO CURIOSO COM TUDO QUE SAI E PESQUISO NÃO SÓ OS TRABALHOS COMO AS CRÍTICAS QUE SAEM A RESPEITO, E ACREDITEM, MAIORIA NÃO CUMPRE O PAPEL AO QUAL SE PROPÕE. PRIMEIRAMENTE... NÃO SEJAM VITMAS DO PRÓPRIO PRECONCEITO! PRATIQUEM O(DIFÍCIL)EXERCÍCIO DE AVALIAR UM MATERIAL SEM DEIXAR QUE O MOVIMENTO, ESTILO A QUAL ESTE ARTISTA PERTENCE(EU) E O SEU JUÍZO DE GOSTO INTERFIRAM NO SEU PARECER.PESQUISEM TUDO! CONTEXTUALIZEM! A CRÍTICA COMEÇA NESSE MOMENTO DA PESQUISA! O CHAMADO SENSO CRÍTICO! E VAMOS COMBINAR...EXISTE MUITO CHARME, MUITO GLAMOUR NA CHAMADA "MPB" MAS ISSO NÃO É SELO DE QUALIDADE MINHA GENTE....!!!! TEM GENTE QUE CANTA MAL PRA CARAMBA, DESAFINA, TOCA PIOR AINDA E FAZ UM TRABALHO MEDÍOCRE!!!! ASSIM COMO TEM GENTE QUE LEVA O MÉRITO DE FAZER UM EXCELENTE TRABALHO MAS NA VERDADE SÓ FEZ PASSAR A VOZ... O MESMO ACONTECE COM O PURA CLARIDADE, ENTÃO TBM VOU DIRETO AO PONTO.... 1- VISI NÃO ESTRAGOU NADA! SE O MESMO DIZ Q A INTÉRPRETE CANTA BEM, TEM CARISMA...E FALTOU ENTUSIASMO...ISSO NÃO É SUFICIENTE PRA "ESTRAGAR" TODO UM TRABALHO, ATÉ PORQUE CARLA VISI POSSUI MAIS QUALIDADE TÉCNICA E VIRTUOSISMO MUSICAL E VOCAL DO QUE TODAS AS QUE PRESTARAM HOMENAGEM E MAIS DO QUE A PRÓPRIA CLARA! TALVEZ, PRA QUEM GOSTA DO TRABALHO DA CLARA E DO SEU CANTO DE PEITO, AS VZS MEIO TRIBAL...CARACTERÍSTICO DA GUERREIRA MESMO...TENHA ESTRANHADO O REFINAMENTO DA VOZ DE CARLA CANTANDO SAMBAS TÃO DENSOS. 2- CARLA VISI NÃO SE APRESSOU EM NADA...PORQUE NÃO FOI CARLA VISI QUE FEZ NADA!!! O PROJETO É DO EXPERIENTE RICARDO PINHEIRO, PRODUTOR MINEIRO E RESPEITADÍSSIMO, QUE MONTOU ESTE TRABALHO DEPOIS DE MAIS DE UM ANO DE PESQUISA...E SÓ DEPOIS DISSO CONVIDOU CARLA VISI PARA PASSAR A VOZ NO DISCO, JUSTAMENTE PELO MÉRITO DA VOZ E PORQUE SABIA QUE NÃO CORRIA O RISCO DE CAIR NUM TRABALHO DE CÓPIA COMO O DA MARIENE DE CASTRO...ESTE SIM FEITO ÀS PRESSAS, SEM CONCEITO E APRONTADO EM MENOS DE UM MÊS. ESTE SIM, FOI UM FRACASSO DA CRÍTICA ESPECIALIZADA POR SE TRATAR PARTE DE UMA CÓPIA DA PRÓPRIA CLARA NUNES, MISTURADO COM O SHOW DE PRAXE DA CANTORA, CERTAMENTE PORQUE NÃO HOUVE TEMPO DE PREPARAR ALGO MAIS RESPALDADO PRA CLARA.

THIAGO BOLS disse...

3 - EM SUAS ENTREVISTAS AINDA EM 2012, RICARDO PINHEIRO JÁ FALAVA QUE A IDÉIA DO DISCO SERIA UMA CRONOLOGIA EXATA DA TRAJETÓRIA DE CLARA, UM PASSEIO POR CADA ÁLBUM DA CANTORA ONDE O PÚBLICO EM GERAL, NÃO SOMENTE O DA CLARA. PUDESSE SE SITUAR NO TRABALHO. ISSO EXPLICA O EXCESSO DE HITS (O QUE PODE SER ENTENDIDO COMO UM PONTO NEGATIVO DO PROJETO). OS ARRANJOS SÃO EXATAMENTE OS MESMOS DOS DISCOS DE CLARA, NÃO HAVIA INTENÇÃO REINVENTAR NADA E OS CONVIDADOS TAMBÉM FORAM SELECIONADOS PELA PRODUÇÃO...IGUALMENTE CONVIDADOS COMO A PRÓPRIA CARLA VISI.
4 - #FICADICA... SE VOCÊS SIMPLES MENTE ESCUTAREM AS FAIXAS DOS CONVIDADOS, SEM BUSCAREM SABER QUEM SÃO OU DE ONDE SÃO... TERÃO ALGUMAS EXPERIÊNCIAS SONORAS, GRATIFICANTES COMO NO DUETO COM PAULA FERNANDES... SERTANEJA OU NÃO... ELA E VISI BRILHAM NO SAMBA CANÇÃO "DIA DE ESPERANÇA", É CELESTIAL! INTERPRETAÇÃO SEM COSTURAS, COM MUITA FLUIDEZ E HARMONIA. 5- SEM QUERER MENCIONAR AQUI SE EU GOSTEI OU NÃO DA ESCOLHA DOS CONVIDADOS...EU FAÇO UM QUESTIONAMENTO... SERÁ QUE NÃO HÁ NOBREZA NA INTENÇÃO DE FZER COM QUE VÁRIAS GERAÇÕES E VÁRIAS TRIBOS TENHAM INTERESSE PELA OBRA DE CLARA NUNES? ESSA NÃO SERIA UMA MANEIRA VÁLIDA DE HOMENAGEAR TAMBÉM? NÃO SERIA MUITO ÓBVIO CONVIDAR A NATA DO SAMBA, NUM TRABALHO POMPOSO PRA CANTAR CLARA NUNES? SERÁ QUE NÃO É NÍTIDA A GRANDEZA DO EXPERIMENTO QUE FOI UMA SERTANEJA, OS SAMBISTAS DA NOVA GERAÇÃO E UMA CANTORA DE AXÉ "POPULARIZANDO" CLARA NUNES? E FAZENDO ISSO COM MUITO TALENTO, POIS SE TEM ALGO QUE OS CONVIDADOS TÊM EM COMUM, É COMPETÊNCIA MUSICAL. ALI NÃO TINHA NENHUMA "PRETA GIL" OU "FELIPE DILON".
6 - COMO DIZER DIZER QUE A VOZ DE VISI NÃO PASSA DE UM INSULTO MUSICAL QUE EMBALOU O BRASIL COM SUAS MÚSICAS BAIANAS DE BAIXO CALÃO E ESQUECER DO SEU PRIMEIRO DISCO EM CARREIRA SOLO EM HOMENAGEM A GILBERTO GIL QUE FOI SUCESSO ABSOLUTO DE CRÍTICA, SOBRETUDO NO QUE DIZIA RESPEITO A SUA VOZ??? SEM FALAR DO SEU TRABALHO INDEPENDENTE "POR TODO CANTO", COMPLETAMENTE ALTERNATIVO COM CANÇÃO DE GUILHERME ARANTES QUE INTITULA O DISCO E LOTOU OS TEATROS DO JAPÃO EM 2004 NUMA TURNÊ QUE TEVE O VÍDEO DE CHAMADA POR GILBERTO GIL! VI TAMBÉM NAS MINHAS PESQUISAS QUE O MAESTRO LEITIERES LEITE, DA PREMIADÍSSIMA ORKESTRA RUMPLEZZ, CONSTRUIU UM SHOW INTEIRO COM OS MESMO FUNDAMENTOS DA SUA ORQUESTRA, MAS COM FOCO NA VOZ, ESPECIALMENTE PRA CARLA VISI... ENTÃO, INDEPENDENTE DO DESAPREÇO PESSOAL POR CARLA VISI, É CERTO QUE A VOZ DESSA INTÉRPRETE VAI MUITO ALÉM DISSO. 7- HOUVE DESACERTOS? LÓGICOOOOO!!! O PROJETO DE CAPA FOI UM FIASCO!!!! FOTOGRAFIA E ARTE POBRES, BEIRANDO O AMADORISMO, MAS NÃO CREIO QUE TENHA SIDO PRESSA NÃO...FOI MAL GOSTO DA GRAVADORA E DOS DEMAIS PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS NA ARTE DA CAPA MESMO. CONTUDO A PARTE INTERIOR DO ENCARTE É BEM MAIS INTERESSANTE E CONTA A HISTÓRIA DE CADA FAIXA... O QUE ME LEVA A CERTEZA DE QUE A ESCOLHA DOS CONVIDADOS PELA PRODUÇÃO FOI ESTRATÉGICA... BOA OU RUÍM, MAS VÁLIDA!

Sérgio Marques disse...

Se Carla estraga a obra de Clara Nunes... não vou nem dizer com o que você contribui como crítico para a cultura brasileira...

Realmente sua crítica não tem fundamento... nem foi feita uma pesquisa com primor...

Parabéns a Carla Visi por emprestar a sua voz de forma tão profissional como sempre a esse projeto que pra mim foi o grande lançamento das homenagens a Clara.

Sérgio Marques disse...

Se Carla estraga a obra de Clara, segundo sua opinião... Não vou nem dizer com o que você contribui para a Cultura Brasileira...

Sua crítica é sem fundamento... Não pesquisou direito e falou bobagem...

Não vou repetir aqui o que o Thiago pontuou de forma perfeita...

Carla é uma cantora versátil e todo o trabalho dela sempre é muito profissional...

Parabéns Carla Visi por emprestar a sua linda voz as obras de Clara, nessa linda homenagem que pra mim foi a que mais me chamou atenção... E a que me fez ter a curiosidade de ir buscar as versões originais e conhecer mais sobre Clara Nunes

Marcelo Teixeira disse...

Sou um critico musical e, assim como um leitor pode se aventurar em minhas escritas, eu posso invadir o MEU espaço para escrever, resenhar, publicar, pintar, bordar e riscar com a obra alheia. Só as minhas bases de convívio podem reverenciar as minhas atitudes e, para isso, tenho convivido com artistas diversos pelos quatro cantos do país, inclusive com algumas de Portugal, Equador, México e Alemanha. Não é atoa que o Mais Cultura Brasileira é hoje um dos blogs mais visitados e comentados entre os leitores e jornalistas e não é atoa que recebo, semanalmente, CDs e DVDs em minha residência para avaliação, assim como convites VIPS para shows e viagens para tal. Quanto ao CD da Carla Visi, só lamento informar que é uma tremenda nojeira audível. Sua voz me remete às porcariadas que o mundo sobreviveu recentemente com as músicas de duplo sentido que envergonharam a mim e as pessoas civilizadas deste país. Ostracismo ela sempre carregou. E há sempre de carregar, pois Pura Claridade irá sumir feito fumaça dentro de 2 ou 3 anos. Ainda acredito no potencial de Carla Visi para um futuro próximo, talvez no próximo milênio. E fiquem sossegados, outros artigos sobre Carla aparecerão, se é isso o que vocês querem... Quanto ao Mais Cultura, quero que saibam que é como porta de igreja: está aberta a qualquer um a leitura de meus artigos. Lê quem quer. O coice quem dá é apenas EU qui!

Edu disse...

Vc é mais um dos que pensa e se diz ser crítico musical. Na verdade, além de não entender de música, vc não passa de um preconceituoso asqueroso, inflexível e insensato. Nada na vida ocorre por acaso.Se Deus permitiu que Carla desenvolvesse este trabalho, é porque ele sabe que ela tem talento, carisma, inteligência e sensibilidade de sobra para executá-lo. Agora, faça-me um favor! Vê se vc se olha no espelho e se pergunta quem vc é de verdade! Aprenda a respeitar mais os seus próximos e as dádivas que eles têm para oferecer! Só assim vc terá o amor, o respeito e a compreensão de nosso senhor. Tenha um bom dia!

Orjana Marques disse...

Uma frase te define: "recalcado que não tem a capacidade de fazer o mesmo ou melhor que ela"!

Orjana Marques disse...

Recalcado!